- Publicidade -

BATALHA DE GIGANTES! Xiaomi AX1800 vs Huawei AX3 (quad-core)

De um lado Xiaomi, do outro Huawei: Quem será que leva a melhor?

- Publicidade -

Um duelo que promete fazer sua carteira suar! Nós da Max Dicas colocamos dois roteadores Wi-Fi 6 pesos-pesados frente a frente para decidir quem leva a melhor: de um lado, o Huawei AX3 Pro (quad-core), do outro, o Xiaomi AX1800. Quer saber quem beija a lona? Então vem com a gente!

Apresentações iniciais

À esquerda Xiaomi AX1800, à direita Huawei AX3 quad-core (Imagem: Maxsuell Roger/Max Dicas)

- Publicidade -

É inegável que estamos diante de dois competidores e marcas de respeito! Começando pelas especificações técnicas, o Xiaomi AX1800 traz 2 antenas internas com 4 amplificadores de alto desempenho, enquanto o Huawei AX3 Pro traz 4 antenas externas com, também, 4 amplificadores. Ambos são roteadores dual band e trabalham com o padrão “ax” nas duas bandas. O AX1800 possui velocidade teórica de até 574 Mbps em 2,4 GHz e 1.201 Mbps em 5 GHz, ao passo que o AX3 Pro possui velocidade teórica de até 574 Mbps em 2,4 GHz e 2.402 Mbps em 5 GHz.

Portas ethernet Huawei AX3 (Imagem: Maxsuell Roger/Max Dicas)

Lembrando que essas velocidades são hipotéticas, de acordo com o padrão IEEE 802.11 ax. Na maioria dos casos, não é possível atingir tais velocidades. Tanto o AX1800 quanto o AX3 Pro têm 4 portas Ethernet, sendo 1 WAN e 3 LANs, e um botão RESET interno. O AX3 ainda possui um botão “Liga/Desliga”, que não se faz igualmente presente no AX1800. Os dois aparelhos possuem 256 MB de memória RAM e 128 MB de memória ROM, e suportam até 128 dispositivos conectados simultaneamente.

- Publicidade -

Portas ethernet Xiaomi AX1800 (Imagem: Maxsuell Roger/Max Dicas)

Quanto ao processamento, o Xiaomi AX1800 conta com CPU quad-core da Qualcomm de 1,2 GHz e uma NPU (Unidade de Processamento Neural) de, também, 1,2 GHz. Enquanto o Huawei AX3 Pro é equipado com uma CPU Gigahome quad-core de 1,4 GHz, desenvolvida pela própria Huawei. Ambos possuem alto nível de modulação (1024 QAM), MU-MIMO, Beamforming, BSS Color e suporte às tecnologias de rede Mesh e padrão de segurança WPA3, características comuns em roteadores Wi-Fi 6. A diferença aqui fica por conta da largura de banda máxima do canal Wi-Fi, de 80 MHz no AX1800 para 160 MHz no AX3 Pro.

Siga o Max Dicas: Canal no Youtube | Instagram | Telegram | Facebook | Twitter

Destaque para as antenas do Huawei AX3 (Imagem: Maxsuell Roger/Max Dicas)

Os diferenciais extras específicos de cada um são o acelerador de desempenho da rede para jogos do Xiaomi e a função Huawei Share, que possibilita smartphones android com NFC conectarem-se à rede apenas aproximando-se do indicador no topo do roteador Huawei. Fora isso, o Huawei AX3 Pro ainda conta com uma área segura dentro do processador principal, chamada Huawei HomeSec, onde hardware e software trabalham para proteger os seus dados. Essa função é regulamentada e certificada.

1ª Rodada: Sistema do roteador (configuração via navegador)

Sistema do Xiaomi AX1800 (Imagem: Maxsuell Roger/Max Dicas)

Começando com o Xiaomi AX1800, para configurar o aparelho é preciso utilizar recursos de tradução do seu navegador, já que por enquanto ele só se encontra na versão chinesa. Algumas configurações só podem ser aplicadas desativando momentaneamente o recurso tradutor, e ainda exigem 30 segundos para reiniciar o roteador e serem efetuadas de fato. Para muitos, isso pode ser bastante incômodo.

Sistema do Huawei AX3 (Imagem: Maxsuell Roger/Max Dicas)

Já o Huawei AX3 Pro, em contrapartida, pode ser encontrado na versão brasileira e todo seu sistema é localizado em nosso português. O tempo preciso para salvar e aplicar as modificações também é significativamente menor, e isso torna a experiência de configuração mais agradável ao usuário. O AX1800 recebeu uma recente atualização de firmware, que o deixou mais otimizado, porém, em linhas gerais, o sistema do AX3 Pro consegue sair na frente por ser mais completo e fácil de trabalhar. Você pode ler os artigos próprios desses roteadores aqui no site para descobrir mais sobre seus sistemas.

2ª Rodada: Testes de velocidade

Teste de velocidade via cabo do Huawei AX3 (Imagem: Maxsuell Roger/Max Dicas)

No teste via cabo, ambos se saíram muito bem, como já era de esperar! O Xiaomi AX1800 conseguiu 928 Mbps de download e 451 Mbps de upload, já o Huawei AX3 Pro teve uma leve vantagem, conseguindo 947 Mbps de download e 522 Mbps de upload. No teste via Wi-Fi próximo ao roteador, em 2,4 GHz, o AX1800 conseguiu atingir 135 Mbps de download e 147 Mbps de upload, e 621 Mbps de download e 485 Mbps de upload em 5 GHz. Enquanto o AX3 alcançou em 2,4 GHz até 137 Mbps de download e 133 Mbps de upload, e 541 Mbps de download e 484 Mbps de upload em 5 GHz – uma queda significativa de performance comparada à dos nossos testes anteriores deste roteador que não sabemos explicar.

Resultados dos testes para comprovar alcance e velocidade (Imagem: Maxsuell Roger/Max Dicas)

Os testes realizados a médio alcance e no ponto mais distante possível dos roteadores deixaram claro uma certa vantagem do Xiaomi, que conseguiu atingir 57 Mbps de download e 13 Mbps de upload em 2,4 GHz, e 88 Mbps de download e 23 Mbps de upload em 5 GHz no ponto de sinal mais baixo, contra 14 Mbps de download e 4 Mbps de upload em 2,4 GHz, e 44 Mbps de download e 14 Mbps de upload em 5 GHz por parte do Huawei. O Xiaomi também demonstrou temperaturas de trabalho menores durante os testes.

3ª Rodada: Aplicativos de gerenciamento Android/iOS

Aplicativo Mi Wi-Fi no Android/esquerda e iOS/direita (Imagem: Maxsuell Roger/Max Dicas)

Novamente começando pelo AX1800, a Xiaomi disponibiliza o aplicativo de gerenciamento Mi Wi-Fi para sistemas Android e iOS, e logo ao abrir o aplicativo é possível notar uma diferença de design de interface entre as duas versões. Na versão Android, já de início podemos ver os dispositivos conectados ao roteador e realizar alguns controles sobre eles, como adicioná-los à lista de bloqueio, ativar notificações de conexão e acessar status de rede e detalhes do dispositivo. Em “Armazenamento” não há opções disponíveis, pois este roteador não possui entrada USB, porém em “Ferramentas” há uma enorme série de possibilidades de configuração avançada do roteador.

Enquanto isso, na versão iOS não temos nada muito elaborado na página inicial. Clicando em “Dispositivos” é possível visualizar todos os aparelhos conectados à rede e realizar configurações sobre eles. As configurações mais avançadas estão localizadas em “Plug-ins”, e, com exceção de algumas opções específicas que só puderam ser encontradas no aplicativo para iOS – como Wi-Fi de convidados, as possibilidades de configuração são praticamente as mesmas para dispositivos Android. O aplicativo é bastante completo, até mais do que as configurações do sistema via navegador, e intuitivo, sendo um excelente complemento ao Xiaomi.

Aplicativo Huawei AI Life no Android/esquerda e no iOS/direita (Imagem: Maxsuell Roger/Max Dicas)

Já o AX3 Pro conta com os aplicativos Huawei AI Life (para Android) e Huawei SmartHome (para iOS). Depois de abri-los e adicionar o roteador, é possível notar uma grande diferença de design entre os dois. No aplicativo Android temos de início o status da rede e algumas opções básicas organizadas em um menu simples, enquanto no iOS temos um gráfico mostrando o uso de dados da rede e uma lista com todos os dispositivos conectados à rede ou que se conectaram a ela pelo menos uma vez. As configurações mais avançadas podem ser encontradas respectivamente em “Mostrar mais” e em “Ferramentas”. São aplicativos completos, mas que deixam um pouco a desejar em relação ao sistema do roteador em si.

Considerações finais e Veredito

Max em suas considerações finais (Imagem: Maxsuell Roger/Max Dicas)

Essa com certeza é uma luta acirrada! Antes de mais nada, ambos são roteadores excelentes e independentemente da escolha qualquer usuário final comum estaria muito bem servido com um deles, mas, como nada é perfeito, temos que pesar os prós e contras.

Com relação ao sistema, o Huawei tem nítida vantagem por estar em português, ser mais intuitivo, rápido e fácil de trabalhar em comparação ao sistema do Xiaomi, mesmo com a recente atualização deste. Já os testes de velocidade e alcance de sinal mostraram que pelo menos a médio e longo alcance o AX1800 teve uma performance notavelmente melhor do que o AX3 Pro (tanto na versão brasileira quanto na versão chinesa), mesmo que ele tenha especificações melhores. Sem falar que o aplicativo de gerenciamento Mi Wi-Fi compensa muito a performance inferior do sistema do roteador.

À primeira vista, então, pode parecer que o AX1800 saiu vitorioso, mas existem alguns pontos que fariam dele uma opção desinteressante para alguns. Como estar disponível somente na versão chinesa, o que significa ter de importá-lo correndo o risco de ser taxado, ou comprar de alguém no Brasil pelo dobro do preço, e usar recursos de tradução (no caso de configuração via navegador) para configurá-lo, tornando o processo ainda mais lento e incômodo para o usuário. Isso sem contar a largura máxima do canal de banda de 80 MHz. Mas a escolha é sempre do comprador, e como dissemos antes, ambos são excelentes produtos e indubitavelmente entregam o que prometem!

E aí, qual deles você acha que levou a melhor? Compartilhe nos comentários! Para mais detalhes, confira a versão em vídeo do nosso comparativo:

Autor: Guilherme Barbosa

Siga o Max Dicas: Canal no Youtube | Instagram | Telegram | Facebook | Twitter

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia Mais